Colaboradores da M. Dias Branco adotam cartas do ‘Papai Noel dos Correios’

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Quinze unidades da Companhia participaram da campanha em todo o Brasil

Movidos pelo sentimento de fraternidade e comunhão do Natal, colaboradores da M. Dias Branco, pelo terceiro ano seguido, participaram da campanha “Papai Noel dos Correios”, que tem por objetivo realizar o sonho de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social em vários estados do País.

Ao todo, 703 cartas de crianças, em sua maioria, residentes nos entornos das unidades da Companhia foram adotadas e atendidas. De acordo com Thays Garcia, coordenadora de Sustentabilidade, a M. Dias Branco participa da campanha com o intuito de “incentivar o senso de voluntariado e de solidariedade dos colaboradores, tendo em vista que eles podem adotar cartinhas e realizar o sonho de uma criança”, afirma.

Desde 2017, a Companhia incentiva a participação de seus colaboradores na campanha. “Obtivemos avanços em vários aspectos e, com isso, aumentamos em torno de 34% o engajamento dos colaboradores na campanha, que é mensurado a partir do aumento da quantidade de cartas adotadas em cada unidade”, detalha Thays.

As unidades participantes em 2019 foram: Bento Gonçalves (RS), Fábrica Fortaleza (Eusébio/CE), Gorduras e Margarinas Especiais – GME (Fortaleza), Grande Moinho Aratu – GMA (Salvador), Grande Moinho Potiguar – GMP (Natal), Grande Moinho Tambaú – GMT (Cabedelo/PB), Jaboatão dos Guararapes (PE), Lençóis Paulista (SP), Madureira (Rio de Janeiro), Maracanaú (CE), Moinho Dias Branco (Fortaleza), Moinho Paraná (Rolândia/PR), São Caetano do Sul (SP), São Luís e Teresina.

Este ano, a unidade que mais se destacou em número de cartas adotadas foi Jaboatão dos Guararapes. Segundo Shinaider Souza, analista de RH, o ‘segredo do sucesso’ “é a mobilização que fazemos com todos os colaboradores por nossos canais de comunicação. Sem falar que o desejo que eles têm em ajudar uma criança é o grande motivador, além do sentimento de fraternidade que é presente entre todos”, explica a analista.

Unidade Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, ficou em primeiro lugar em número de cartas adotadas

Segundo Thays Garcia, com a adoção da carta, “o colaborador também está contribuindo com o engajamento e o relacionamento com as comunidades do entorno, além de ser uma ação que contribui com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 10 – Redução das Desigualdades Sociais, da Organização das Nações Unidas (ONU).

Clique aqui e conheça a Cultura de Sustentabilidade da M. Dias Branco

Como funciona a campanha
Os Correios recebem as cartinhas de crianças que enviam seus pedidos diretamente ao Papai Noel e, também, de estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do Ensino Fundamental) e de instituições parceiras. Após serem lidas e selecionadas, as cartas são disponibilizadas na Casa do Papai Noel ou em outras unidades da empresa. E para que a empresa possa acompanhar as adoções e as entregas dos presentes, os padrinhos devem cadastrar o CPF ou CNPJ.

Em 30 anos de campanha, foram atendidas mais de 6 milhões de cartinhas – muitas delas com histórias emocionantes de solidariedade. Essa corrente do bem une esforços de empresa, empregados e voluntários da sociedade para atender, dentro do possível, aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.