Blog

05/07/2021 publicado por: Danielle Serra

M. Dias Branco abre inscrições para o Programa Germinar 2021

Na 4ª edição, o programa de relacionamento com startups da líder nacional em massas e biscoitos busca soluções para o negócio atual e em novos negócios

A inovação é um diferencial para a competitividade das indústrias. Um meio eficiente de acelerar o processo é a conexão com startups, iniciativa tomada pela M. Dias Branco desde 2018, quando criou o Programa Germinar. Na quarta edição, a Companhia inicia nova rodada de oportunidades para startups de todo o Brasil, visando soluções para o negócio atual e em novos negócios. As inscrições ocorrem até 30 de julho de 2021.

O Programa Germinar 2021 traz 10 desafios pré-estabelecidos: aumento do prazo de validade dos produtos mantendo as características originais; impressão 3D em alimentos, que acelere a prototipação de novos produtos, como massas e biscoitos; algoritmo para direcionamento do desenvolvimento sustentável de novos produtos e embalagens; gestão remota para execução de testes industriais; inteligência artificial para cenários de commodities; tecnologias para rastreabilidade de produtos; soluções para análise e geração de insights focadas em reputação de marca; soluções em trade marketing, buscando a loja perfeita; oportunidades em novos negócios, como foodtechs de produtos e ingredientes, alinhadas às tendências de saudabilidade e nutrição; e novos modelos de negócio, de informação ao cliente a marketplace.

Fernando Bocchi, nosso diretor de Pesquisa e Desenvolvimento, está entusiasmado com o Germinar 2021 e comenta como as edições anteriores foram positivas. “O Germinar tem sido bem-sucedido na M. Dias Branco devido aos ganhos proporcionados para todo o ecossistema de inovação. A companhia oferece aos participantes do programa a oportunidade de testar e validar suas soluções através da execução de um Projeto-Piloto alinhado aos desafios. As startups poderão se tornar parceiras ou fornecedoras da empresa”, ressalta o executivo.

O Germinar 2021 será realizado em parceria com a Innoscience Consultoria em Gestão da Inovação. O programa foi estruturado em cinco fases: inscrições até 30 de julho; pitch day em 10 agosto; imersão no dia 27 do mesmo mês; desenvolvimento do projeto piloto a partir de 20 de setembro; apresentação e avaliação dos resultados obtidos a partir da solução proposta em 19 de dezembro. O programa será concluído em 15 de janeiro de 2022.

Um dos exemplos de investimentos já realizados pela M. Dias Branco em foodtechs nasceu na primeira edição do Germinar. A empresa escolhida na primeira rodada de inovação, em 2018, foi a Mandala Comidas Especiais, que se especializou na produção de alimentos congelados sem glúten, sem lactose ou outros ingredientes que podem causar reações em pessoas alérgicas, intolerantes alimentares e celíacos.

A inovação no processo é tamanha que, neste ano, a Mandala criou refeições instantâneas liofilizadas, que não precisam de congelamento e podem ser levadas para qualquer lugar. A técnica, que é utilizada pela Nasa na alimentação dos astronautas, permite a retirada da água dos alimentos, de forma que podem ser conservados por muito tempo, sem necessidade de refrigeração. Assim, os alimentos são distribuídos de maneira fácil e econômica para todo o Brasil graças ao investimento e apoio consultivo da M. Dias Branco para a viabilidade do negócio.

“A cada edição, alinhamos previamente os desafios com as oportunidades e necessidades da empresa. Agora, temos o foco direcionado aos avanços em P&D 4.0 e novas oportunidades em ingredientes, produtos e modelos de negócios. Esperamos encontrar soluções que nos tragam diferencial competitivo, além da oportunidade de entrada em novas categorias e diversificação do portfólio”, afirma Bocchi.

Para mais informações sobre o Germinar 2021 e para fazer a inscrição, acesse: https://germinarmdiasbranco.com.br/

 

Histórico do Programa Germinar

A ideia nasceu em um processo iniciado no fim de 2017, com uma viagem de executivos da Companhia a polos de inovação globais, incluindo o Vale do Silício, na Califórnia (EUA), que abriga as maiores empresas de tecnologia do mundo. Inspirada pelos ganhos mútuos, a M. Dias Branco assumiu a responsabilidade de incentivar o fomento do foodtech a partir da conexão com startups.

A iniciativa começou em 2018, com o objetivo de encontrar novas formas de inovar e aumentar a rentabilidade do negócio, ao mesmo tempo em que impulsiona o crescimento das startups. Na 1ª edição do Germinar, oito startups foram aprovadas para a continuidade do relacionamento, aptas a se manterem como fornecedoras e parceiras de negócios. Dentre as empresas, o destaque, do ponto de vista de inovação em marketing, foi a WinWin. A startup desenvolveu um projeto de game em realidade aumentada para Treloso, uma das 19 marcas da M. Dias Branco.

O game proporcionou uma experiência de caçada às moedas Treloso durante um mês em quatro varejos parceiros, que foram selecionados para a execução em Recife. A ação foi aberta para todos os consumidores, sendo necessário apenas o download do aplicativo Clube Treloso e a presença física em uma das lojas selecionadas para iniciar o jogo. A cada cinco moedas caçadas, o consumidor estava apto a resgatar um brinde. O resultado foi o fortalecimento da relação comercial e o estímulo de compra dos produtos, ao mesmo tempo em que o consumidor foi cativado, fortalecendo a relação com a marca.

Em 2019, na 2ª edição, seis startups apresentaram projetos viáveis e com condições de manter a parceria comercial com a Companhia. Como referência, a Desenvolve dedicou-se a projetos nos segmentos de treinamento digital rápido, criando uma plataforma online, capaz de ser atualizada em tempo real.

Os aprendizados e dicas de profissionais em ambiente fabril, seja no formato de texto ou de vídeo, têm condições para serem visualizados pelos funcionários nas demais plantas industriais da M. Dias Branco, distribuídas em todo o Brasil.

O resultado foi o aumento de performance para a Companhia e o engajamento do time no aperfeiçoamento de técnicas e na troca de conhecimento com pessoas fora do seu convívio diário. Outra solução de destaque foi na gestão inteligente de almoxarifado feita pela Ledcorp, com o inventário e rastreamento de peças a partir de etiquetas que usam o sistema de RFID (Radio-Frequency IDentification ou, em português, Identificação por Rádio Frequência).

A edição do Germinar Tecnologia, que iniciou em 2020, teve três startups selecionadas para a entrega do projeto-piloto. Focadas em tecnologia, a IndustryCare, a ST-One e a MInT Consultoria estão desenvolvendo soluções para a Companhia, todas com o objetivo comum de oferecer ganhos de eficiência operacional e redução de custos em alinhamento com a Indústria 4.0.

A IndustryCare foi escolhida por ter solução que apoia na geração e gestão dos dados do chão de fábrica, monitorando em tempo real o comportamento e desempenho de máquinas e processos, detectando oportunidades de melhoria em eficiência energética. A solução ST-One tem a missão de integrar todos os equipamentos, fornos, balanças e demais máquinas de, pelo menos, um processo produtivo da M. Dias Branco, criando bases de conhecimento on-line, a partir de produtividade e qualidade. Já a MInT Consultoria oferece soluções tecnológicas com condições de elevar a produtividade a partir da estabilização de processos.

 

Tags: ##ProgramaGerminar #Inovação #MDiasBranco