Blog

07/04/2020 publicado por: Comunicação

M. Dias Branco destina R$ 2,4 milhões para pesquisa sobre covid-19

Hemocentros de seis estados brasileiros serão contemplados por meio de recursos das marcas Fortaleza, Vitarella, Adria, Piraquê e Isabela

A M. Dias Branco, líder em massas e biscoitos no País, anuncia a doação de R$ 2,4 milhões para apoiar hemocentros de seis estados, ajudar nas pesquisas em hematologia para o tratamento de pacientes de covid-19 (novo coronavírus) e estimular a doação de sangue, respeitando as normas sanitárias e garantindo a segurança dos doadores. Além de recursos financeiros, a Companhia também doará alimentos.

Para cada bolsa de sangue arrecadada, serão destinados 500 produtos das marcas da M. Dias Branco a entidades de apoio social nos respectivos estados. A Companhia também mobilizará as plataformas de mídias sociais de suas principais marcas para engajar e conscientizar seus fãs sobre a importância das doações de sangue.

“A doação de sangue é um serviço essencial para inúmeras enfermidades e, por isso, escolhemos apoiar esta causa”, explica Fábio Melo, diretor de Marketing da M. Dias Branco. “Queremos colocar nossas marcas a serviço da sociedade, apoiando financeiramente os hemocentros e, também, estimulando a doação. Quem procurar um dos bancos de sangue apoiados pelas marcas, com os cuidados recomendados pelas autoridades de saúde, fará uma doação dupla: a de sangue e a de alimentos para uma entidade social”, ressalta.

A primeira marca a formalizar a doação é a Fortaleza, que destinará recursos ao Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce), principal hemocentro do estado do Ceará. Os recursos serão destinados também a hemocentros de Pernambuco, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Bahia por meio das marcas Vitarella, Adria, Piraquê e Isabela, respectivamente.

A doação ao Hemoce é a primeira da campanha e será realizada por meio do Instituto Pró-Hemoce, Organização da Sociedade Civil que tem como objetivo prestar serviços de saúde à população na área de Hemoterapia e Hematologia. Para diminuir os impactos da quarentena em relação à doação, o instituto já abriu dois postos de coleta ao ar livre, sendo um no estacionamento do Mercadinho São Luiz (Av. Oliveira Paiva) e outro na Praça das Flores, ambos na capital cearense. Com os recursos doados pela marca Fortaleza, instalará mais dois postos de coleta nesse modelo. “Os postos de coleta volante são extremamente importantes em um momento como este e pedimos para que todos os que estejam em condições de doar sangue, que façam esse gesto”, explica o doutor Ormando Rodrigues, presidente do Instituto Pró-Hemoce.

 

 

Tags: #Covid-19 #Hemocentros