Blog

23/07/2019 publicado por: Comunicação

Colaboradores fazem coleta de sangue para compor cadastro de doadores de medula óssea

No mês de julho, a M. Dias Branco estabeleceu uma parceria com o HEMOCE (Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará)e possibilitou aos colaboradores que fossem coletadas amostras de sangue para o cadastro de doadores de medula óssea. A ação occoreu em quatro indústrias de Fortaleza e região metropolitana. Para isso, profissionais do HEMOCE foram até nossas indústrias com todo o material necessário para realizar as coletas de sangue, contando com o apoio da nossa equipe de Saúde do Trabalho.

No Brasil, estima-se que as chances de compatibilidade sejam de 1 para 100 mil, por isso o cadastramento em um banco de doadores é tão importante. Atualmente, o REDOME possui 4,9 milhões de doadores cadastrados.

As coletas são analisadas e cadastradas no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (REDOME), que foi criado em 1993, em São Paulo, para reunir informações de pessoas dispostas a doar medula óssea para quem precisa de transplante. Desde 1998, é coordenado pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), no Rio de Janeiro.

Davi Araújo, da área de Administração de Vendas, fez questão de participar da ação: “Me sinto honrado por trabalhar em uma companhia que se preocupa com o bem-estar dos colaboradores e da sociedade, e que através destas campanhas dissemina o conhecimento por causas tão significativas. O sentimento de poder ajudar não tem preço e devemos lembrar que a vida de quem precisa não pode esperar”.

Com mais de 4.000 milhões de doadores cadastrados, o REDOME é o terceiro maior banco de doadores de medula óssea do mundo e pertence ao Ministério da Saúde, sendo o maior banco com financiamento exclusivamente público.

O HEMOCE faz parte da rede de unidades de saúde da Secretaria da Saúde do Estado do Ceará.

Mais informações:

http://redome.inca.gov.br/

http://www.hemoce.ce.gov.br/#

Tags: