‹ voltar

Academia Cearense de Literatura e Jornalismo outorga a “Comenda Benemérito Ivens Dias Branco”

Em Assembleia Geral Extraordinária realizada no último dia 24 de junho em sua sede, no Palácio da Luz, a ACLJ outorgou a Comenda Benemérito Ivens Dias Branco a cinco radialistas: Paulo Oliveira, Tom Barros, Moreira Brito, Roberto Ribeiro e Vicente Alencar. Os agraciados receberam das mãos de D. Consuelo Dias Branco e de sua Filha, Graça Dias Branco, as medalhas e os diplomas.

A solenidade, ocorrida no primeiro aniversário de morte de Ivens Dias Branco, agraciou profissionais do rádio de quem ele era ouvinte assíduo. Conduzida pelo veterano jornalista e apresentador de televisão Augusto Borges, a cerimônia contou ainda com a presença de Regina Dias Branco Ximenes, também filha de Ivens, bem como a senhora Ruth Saraiva Leão, irmã de Consuelo Dias Branco.

A solenidade foi aberta pelo Presidente Emérito da ACLJ, o Prof. Rui Martinho Rodrigues, que anunciava os agraciados, ocasião em que faziam um breve discurso referindo-se, de forma especial, a sua relação pessoal com o empresário Ivens Dias Branco. Moreira Brito fez um relato de como ficou sabendo da admiração de seu ouvinte mais ilustre, enquanto Paulo Oliveira ressaltou a amizade de 24, nascida a partir de uma visita que fez à Fábrica Fortaleza. Roberto Ribeiro referiu-se à trajetória empresarial de Ivens, de forma poética, ressaltando as virtudes que o destacavam dos demais empresários. Vicente Alencar lembrou dos 47 anos da ilustre audiência, que teve início em 1970, segundo confidência feita a ele pelo próprio senhor Ivens. “O rádio está ao lado de todos aqueles que gostam de comunicação”, destacou ele. Tom Barros frisou o amor que o Sr. Ivens tinha pelos meios de comunicação e, em especial, pelo rádio, ressaltando ainda que ele era uma pessoa muito intensa em tudo o que fazia, principalmente com as suas amizades. “Não poderia haver um cenário melhor para a entrega dessa comenda do que o Palácio da Luz… Porque Ivens era iluminado. Mesmo partindo, ele continua iluminando as nossas mentes e corações. Assim, neste templo da luz, o Ivens se imortaliza pelos gestos de decência, de trabalho e dignidade que nos deixou ”, finalizou ele.

Após os pronunciamentos, as veteranas acadêmicas Concita Farias e Estefânia Vasconcelos entregaram flores à Sra. Graça Dias Branco e D. Consuelo, sendo a última agraciada com o título de Primeira Dama da Indústria Cearense, na sua condição de Presidente do Conselho de Administração do Grupo M. Dias Branco, sucedendo ao seu ilustre marido, recebendo a homenagem das mãos de Dona Beatriz Alcântara, imortal da ACL. Cid Carvalho, Presidente de Honra da ACLJ, discursou encerrando a primeira parte da solenidade, que teve continuidade com um recital de poesias e, na sequência, a celebração de uma missa cantada pelo Padre José Dantas, que é cantor lírico, sendo acompanhado pelo grupo vocal Tarantella e a Banda Massa Brasil, da Fábrica Fortaleza.

Presidindo a Mesa Diretiva da solenidade, o Ministro Ubiratan Aguiar, Presidente da Academia Cearense de Letras (ACL), se pronunciou no final da solenidade, fazendo menção ao fato de que é conterrâneo de Ivens Dias Branco, pois ambos nasceram na cidade cearense de Cedro, onde teve início os negócios da família Dias Branco. Ao término da solenidade foi servido um coquetel aos presentes.

©2016 M Dias Branco
Todos os direitos reservados